Caldeirão de Hamburgo: Hamburger Kessel als erfolgreiches Exportprodukt – jetzt auch in Brasilien!

Manifestações que tomaram o Brasil completam um ano

Gewalt(Diskurs); abschreckende Maßnahmen und repressive Polizeitaktiken führten bisher zu geringen Teilnehmer_innenzahlen bei den Protesten in Brasilien…

…Para o sociólogo Rudá Ricci, membro do Observatório Internacional da Democracia Participativa e autor do livro Nas ruas – A outra política que emergiu em junho de 2013, lançado pela Editora Letramento, uma conjunção de fatores afastou as multidões das ruas. Os dois principais, segundo ele, foram a violência presente nos protestos e as estratégias dos governos, que criaram pânico na população, com medidas drásticas. Uma dessas leis é a que foi sancionada na semana passada pelo governo Alberto Pinto Coelho (PP), que restringe o uso de máscaras em manifestações. “Uma lei que depõe contra o direito civil”, pontua o sociólogo.

…Os militares passaram a usar a tática conhecida como Caldeirão de Hamburgo, ou kettling (do inglês enchaleiramento), em que os manifestantes são concentrados dentro de um cordão policial, restando apenas uma saída e entrada, com forte revista em bolsas e mochilas. A tática foi usada pela primeira vez em Hamburgo, em 1986, quando os black blocs começavam a surgir. A estratégia da polícia é controversa e foi criticada na Europa, chegando a ser condenada em tribunais do Velho Continente, pois restringe o direito legítimo de protestar.

… A combinação entre o maior aparato policial e o menor apoio da população esvaziou os protestos. No último sábado, quando foi realizado o jogo entre Argentina x Irã no Mineirão, a Assembleia Popular Horizontal recuou e decidiu não ir às ruas para protestar. Foi agendada apenas uma ocupação cultural da Avenida Aarão Reis, no Centro da cidade marcada para hoje. Um clima bem diferente de junho do ano passado, quando a hashtag mais usada nas mídias sociais foi #vemprarua. À época, era também o grito dos manifestantes, que conclamavam trabalhadores, motoristas e quem estava em casa a engrossar a multidão.

http://www.em.com.br/app/noticia/nacional/2014/06/22/interna_nacional,541428/manifestacoes-que-tomaram-o-brasil-completam-um-ano.shtml#8083009366682566

Advertisements
Dieser Beitrag wurde unter Proteste, Repressionen veröffentlicht. Setze ein Lesezeichen auf den Permalink.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s