Manifest des Comitê Popular da Copa e Olimpíadas Rio gegen die Verhaftung von 60(!) Aktivist_innen

midia_ninja_creatividade

ANCOP apóia a Nota de repúdio do Comitê Popular da Copa e Olimpíadas Rio frente as prisões de militantes e ativistas populares realizadas em 12/07, as vésperas da final da Copa:

Repudiamos veementemente as prisões arbitrárias realizadas na manhã do dia 12 de julho de 2014. As vésperas da final do megaevento, espetáculo que será visto por mais de três bilhões de telespectadores, 60 mandados de prisão e apreensão foram expedidos.
Neste domingo o mundo assentirá ao maior esquema de segurança que essa cidade ou mesmo o país já viu, segundo palavras do próprio secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Maria Beltrame. Cerca de R$ 2 bilhões foram gastos em armas e segurança para a Copa de 2014. Dos drones de Israel (que hoje bombardeiam a Faixa de Gaza) à treinamento com a Blackwater (empresa de mercenários dos EUA que atuou nas Guerras do Iraque e Afeganistão) é indignante o legado da Copa de repressão e intimidação contra a própria população brasileira.
As prisões temporárias violam a liberdade de expressão e manifestação de todos os trabalhadores e ativistas que ocupam as ruas nos últimos anos no Brasil. Somam-se a criminalização e processos forjados que observamos nas cidades-sede da Copa, como os casos de Rafael Vieira, preso a mais de um ano no Rio de Janeiro por portar produtos de limpeza, e mais recentemente de Fábio Hideki em São Paulo, preso sob acusação de “associação criminosa”.
Vamos refletir sobre o significado mais profundo dessas ações como a de hoje. Para onde caminhamos? É essa a segurança que queremos? Por que se manifestar é tão perigoso? Por que expressar livremente ideias é tão ameaçador? Até quando continuará a criminalização sem limite dos movimentos e manifestantes no Brasil?
O direito à manifestação é um direito constitucional duramente conquistado pelo conjunto de lutadores e lutadoras. Convocamos todos trabalhadores, movimentos sociais, estudantes, atingidos pela Copa, cidadãos brasileiros e estrangeiros que continuem a ocupar as ruas, manifestando suas ideias e sua solidariedade aos presos políticos.

Comitê Popular da Copa e Olimpíadas Rio
ANCOP (Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa)

Advertisements
Dieser Beitrag wurde unter Repressionen veröffentlicht. Setze ein Lesezeichen auf den Permalink.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s