Die „Befriedungsstrategie“ der Favelas in #Rio halten immer mehr für gescheitert

‚Acreditei na pacificação, mas é de mentira‘, diz mãe de mototaxista morto no Alemão

Jefferson Puff da BBC Brasil no Rio de Janeiro

carta_captal_mare 2

„Quando a morte bate na porta da sua casa, você começa a ver as coisas de uma maneira muito diferente. No começo eu acreditei, quando se falava em UPP com objetivos sociais, colocando esportes, trazendo iniciativas para aproximar a comunidade, mas não foi isso que aconteceu. É uma pacificação de mentira. A gente não está na África nem em Israel, mas vivemos uma guerra também, e aqui no Alemão não se usa bala de borracha e não tem primeira abordagem. Aqui você morre logo.“ […]

Ocupado há quase quatro anos pelas Forças Armadas, o complexo de favelas vive hoje o pior momento desde que recebeu quatro bases de UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora). Com o retorno da lógica de guerra, tiroteios, entrada de tropas do Bope e do Batalhão de Choque, e uma elevação de mortes de civis e de policiais, o momento vivido pela comunidade é emblemático de uma situação que afeta diferentes unidades do programa de pacificação desde o começo do ano […]

„Aqui todo mundo está muito desconfiado. Meu avô foi um dos fundadores do lugar onde eu moro, e a gente já viu vários períodos de violência, mas agora estou muito preocupada. Com o tráfico era difícil, mas hoje temos medo da polícia. Medo e antipatia. Tem muito morador inocente morrendo em becos, vielas, eles matam mesmo. E eu não posso me calar, tenho que ajudar a mudar essa história. Hoje sou uma outra pessoa, virei uma guerreira“, conta […]

leia mais…

Advertisements
Dieser Beitrag wurde unter Favelas UPPs veröffentlicht. Setze ein Lesezeichen auf den Permalink.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s