PM prepara megaoperações em áreas de UPP onde o tráfico resiste

Vania Cunha

B4LfnhWIAAAw_BwRio – Tiroteios quase diários, inocentes feridos, policiais mortos e muito medo. O fantasma da violência voltou a assombrar moradores — com maior frequência este ano — em boa parte dos 38 territórios onde há presença permanente da polícia. Seis anos após o início da ocupação da PM em comunidades carentes, a Secretaria de Segurança estuda medidas para reestruturar as Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs). A principal delas: fazer novamente grandes operações de varredura nos territórios para prender traficantes que afrontam a polícia.

Para a PM, as ações fazem parte de nova etapa do projeto: a consolidação das unidades após a implantação. Com o diagnóstico finalizado semana passada sobre os principais problemas das comunidades, feito a partir de longo estudo de cada uma delas, a solução para acabar com a resistência dos criminosos pode partir das operações de setores de Inteligência com apoio das forças de elite da polícia…

O Dia

Advertisements
Dieser Beitrag wurde unter Repressionen veröffentlicht. Setze ein Lesezeichen auf den Permalink.

Kommentar verfassen

Trage deine Daten unten ein oder klicke ein Icon um dich einzuloggen:

WordPress.com-Logo

Du kommentierst mit Deinem WordPress.com-Konto. Abmelden / Ändern )

Twitter-Bild

Du kommentierst mit Deinem Twitter-Konto. Abmelden / Ändern )

Facebook-Foto

Du kommentierst mit Deinem Facebook-Konto. Abmelden / Ändern )

Google+ Foto

Du kommentierst mit Deinem Google+-Konto. Abmelden / Ändern )

Verbinde mit %s